Bolsonaro impede Petrobras de aumentar combustível: ‘não serei igual aos outros’

Sábado, 13 de Abril de 2019 - Geral - Visualizações: 1943

Folha Brasil / Brazil Journal

A Petrobras havia manifestado que aumentaria o preço do diesel, utilizado em caminhões e em veículos de grandes portes. O aumento seria em 5,7%, porém o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, analisou que não seria viável.

O presidente interviu na mudança de preço e não teve o aumento, pois ele tem o total poder de fazer isso em uma estatal. A medida foi criticada por alguns e elogiada por outros. Na explicação, o presidente afirma que pediu um relatório de dados da Petrobras até terça-feira, caso o convençam, o aumento será dado.

Em uma entrevista coletiva, o presidente afirmou que sabe bem o que o a intervenção em valores das estatais fez com o país (se referindo aos últimos governos). “Não serei igual aos outros”, disse o presidente, se referindo a ser um presidente intervencionista.

Bolsonaro refirmou que o reajuste previsto pela inflação era de 5% e ele não entendeu o 0,7% a mais, portanto a estatal o deve explicações. “Já disse que não entendo de economia, nunca entendi, quem entende são os presidentes passados“, finalizou Bolsonaro sobre o assunto.

Também na mesma entrevista, o presidente foi questionado sobre sua posição sobre o que aconteceu no Rio de Janeiro, com o cidadão que morreu em um carro que foi baleado com 80 tiros por integrantes do Exército.

Ao responder, Bolsonaro afirmou que ”o Exército não matou ninguém“, pois entende que não tem que responsabilizar a Instituição, pois isso tiraria a responsabilidade daqueles que realmente estão envolvidos.

Compartilhe
facebook - twitter - gplus - pinterest WhatsApp