Vasco goleia Universidad de Concepción e fica perto de seguir na Libertadores

  • Não deu nem para o cheiro. Essa poderia ser a definição perfeita para a forma como o Vasco estreou na Libertadores. Fora de casa, no Chile, o Cruz-Maltino atropelou a Universidad de Concepción com a vitória por 4 a 0 (gols de Evander, duas vezes, Rildo e Pikachu) e ficou perto de garantir uma vaga na terceira fase (mata-mata) da competição continental.

  • DESTAQUEMAIOR VITÓRIA FORA DE CASAA goleada por 4 a 0 sobre a Universidad de Concepción foi a maior vitória do Vasco fora de casa em Libertadores. O placar também iguala o maior resultado positivo do Cruz-Maltino jogando em casa: em 1980, venceu também por 4 a 0 o Deportivo Galicia.

  • DESTAQUEJOGO DE VOLTAVasco e Universidad de Concepción voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, em São Januário, às 21h45 (de Brasília). O Cruz-Maltino pode até perder por três gols de diferença para ir à terceira fase da Libertadores.

  • DESTAQUEPRIMEIRO TEMPOO Vasco talvez nem imaginasse que começaria tão bem a Libertadores. Com dois gols de Evander ainda no primeiro tempo, o time comandado pelo técnico Zé Ricardo foi muito pouco exigido pelos donos da casa. O Universidad de Concepción tinha praticamente só uma jogada: ir à linha de fundo e cruzar para Santiago Silva. Mas o centroavante pouco fez para assustar Martín Silva.

  • DESTAQUESEGUNDO TEMPOJá com 2 a 0 no placar, o Vasco voltou do intervalo mais tranquilo e deu espaço para os donos da casa. A equipe chilena, porém, não aproveitou e se viu exposta no fim do segundo tempo. O Cruz-Maltino, então, aproveitou os contra-ataques que teve e praticamente liquidou a fatura ao abrir 4 a 0.