Diretor do Detran acumula 120 pontos na carteira de habilitação por infrações graves

O que deveria ser exemplo, fez feio perante a sociedade. O diretor do Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), César Augusto Monteiro Alves Júnior, soma 120 pontos na carteira de habilitação. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo.

Apesar de admitir, em nota, César Augusto esclareceu que as infrações não foram cometidas por ele e atribuiu a terceiros, como familiares e amigos. “Esclareço que não recebi nenhuma das notificações de autuação das infrações a mim atribuídas, o que inviabilizou, além do meu constitucional direito de defesa, que eu pudesse exercer meu direito-dever de identificar quem conduzia os veículos no momento das infrações e possibilitar a correta responsabilização pelas infrações”, disse, em nota.

De acordo com a reportagem, da pontuação registrada, 44 são referentes a infrações cometidas em 2016, 30 em 2017, 30 em 2014 e 16 em 2015. Ainda de acordo com o jornal, as multas são por avanço de sinal, excesso de velocidade e falta de cinto de segurança. O diretor foi empossado no Detran-MG há duas semanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *