Para Bobô, homenagear Fecomércio é reconhecer o trabalho realizado

 

“Trata-se de reconhecer os serviços de uma instituição que ajuda o desenvolvimento e a promoção da inclusão social em nosso estado. São sete décadas em que a Federação desenvolve um brilhante trabalho, defendendo os interesses do setor e colaborando com a nossa economia”.

Assim, o deputado estadual Bobô (PCdoB) saudou os 70 anos da Fecomércio-Ba, na sessão especial realizada nesta segunda-feira (27), na Assembleia Legislativa da Bahia. Iniciativa conjunta do parlamentar e do deputado federal Daniel Almeida (PCdoB), o evento contou com a presença de autoridades civis e militares, além de empresários do comércio e de outros setores econômicos.

Bobô também exaltou a trajetória da Federação, mostrando seu crescimento e o brilhante trabalho do Sesc (Serviço Social do Comércio) e do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). O deputado destacou que é essencial setores como os de comércio, turismo e serviços, terem maior facilidade de acesso a créditos com taxas mais baixas, menos rigidez nas garantias exigidas e menos burocracia para conseguirem empréstimos nos bancos públicos. “Parabéns, Fecomércio. Conte com o nosso apoio e da Assembleia Legislativa. Celebrar seus 70 anos é refletir para mais 70 anos à frente, transformando a Bahia e ajudando a transformar o Brasil”, afirmou, reafirmando o seu compromisso com o fortalecimento do setor.

O deputado Daniel Almeida destacou a parceria com a entidade nos grandes debates, no Congresso Nacional, sobre políticas que fortaleçam o setor produtivo. “É um trabalho exemplar que a Fecomércio realiza na Bahia, especialmente com o Sesc e o Senac. A Casa do Comércio virou um patrimônio da nossa arquitetura urbana e merece todo nosso apoio”, enfatizou.

TRAJETÓRIA VITORIOSA

Em seu pronunciamento, o presidente da Federação, Carlos Andrade, agradeceu a homenagem e falou da trajetória vitoriosa da entidade, a partir da criação da CNC (Confederação Nacional do Comércio), em 1946. “O Sesc e o Senac se tornaram um dos maiores sistemas de assistência social do mundo. Assumi em 2014 e procuro dar seguimento ao belo trabalho desenvolvido pelos meus antecessores. Precisamos de apoio, pois representamos 60% dos estabelecimentos formalizados, 71% do PIB baiano e 79% dos empregos com carteira assinada no estado”, pontuou.

Andrade destacou os desafios da sua gestão, como ampliar a interiorização dos serviços da Fecomércio e o diálogo com os poderes públicos, sempre na defesa dos interesses dos setores de comércio, de serviços e de turismo. “Chegamos aos 70 ano revigorados para construir um futuro melhor”, disse.

Representando o governador Rui Costa (PT), o secretário de Desenvolvimento Econômico Jaques Wagner colocou a SDE à disposição. “O setor vive grandes desafios na atualidade, com o comércio eletrônico, que muda o perfil do consumo e desta área da economia. Por isso, precisa de uma entidade dinâmica e atuante, como é a Fecomércio. Vamos atuar juntos para proteger a economia local, combatendo a guerra fiscal”, defendeu.

Nessa linha, a senadora Lídice da Mata (PSB) reafirmou o seu compromisso no Senado para aprovar políticas que fortaleçam o setor. “Quando fui prefeita de Salvador, contei muito com a parceria da Fecomércio nos trabalhos da Fundação Cidade Mãe. A Bahia e os baianos agradecem a Federação pelas realizações em nosso estado”, frisou.

MAIS RECONHECIMENTO

Para o presidente da FCDL-Ba (Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia), Antoine Tawil, a Fecomércio está de parabéns por ter conseguido reunir entidades importantes para desenvolver o setor, como a Associação Comercial.

O vice-presidente da Fieb (Federação das Indústrias da Bahia), Josair Bastos, ressaltou a trajetória de presidentes competentes. “A gestão atual, com Carlos Andrade, mostra pujança atuando em todo o estado e melhorando a vida da população”, pontuou.

Representando a Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb), Aurélio Pires falou dos relevantes serviços prestados pela Fecomércio, destacando a força e a perseverança dos empresários e dirigentes da entidade para defender o setor.

Cláudio Mota – REG 4811 / SRTE-BA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *