Homem é condenado a 19 anos de prisão por ter matado a mulher em Juazeiro

Um homem foi condenado a 19 anos de prisão, nesta sexta-feira (17), por ter matado a mulher a facadas em outubro do ano passado. O crime ocorreu na cidade de Juazeiro, norte da Bahia. Dijair Silva, de 55 anos, estava preso na penitenciária do mnicípio. Ele foi acusado de matar Marineuza Ferreira Costa, de 54 anos. O julgamento foi realizado na a sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), porque o fórum da cidade está em reforma. O júri foi formado por quatro homens e três mulheres. O filho da vítima, Magnailton Ferreira, esteve no local para acompanhar o julgamento. “Eu tenho fé em Deus que tudo que aconteceu com minha mãe ele vai pagar, porque a pessoa que chega a deferir mais de doze facadas, essa pessoa, com certeza, tem a intenção de matar”, disse. Amigos e parentes de Marineuza foram até o local onde ocorreu o julgamento e exibiram faixas pedindo o fim da violência contra as mulheres. Segundo a família da vítima, Dijair já tinha um histórico de violência e sempre batia na mulher. “Queremos justiça, porque nós somos mulheres e queremos respeito. No momento, ele [acusado] merece cadeia”, disse a professora Maria Gorete Rebelo. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *