‘Não acho normal ser homossexual; temos que perder a hipocrisia’, critica Gilberto Barros

O apresentador Gilberto Barros, que recentemente fez uma participação na novela “Pega Pega”, da Globo, criticou a diversidade sexual das pessoas. “Hoje em dia, com essa desculpa de liberdade, a minoria está vencendo a maioria brasileira, o que é uma hecatombe. O poste faz xixi no cachorro. A banana come o macaco. A gente está achando que é natural ser veado ou sapato”, disse, partindo para agressões contra a homossexualidade. “Não venham me dizer que tenho que pensar diferente, pois a liberdade que tenho é de pensamento e expressão. Tenho grandes amigos homossexuais, mas eles sabem que não acho normal ser homossexual. Temos que perder a hipocrisia!”, declarou. “A homofobia tem que ser combatida, mas tem que se prestar atenção no que, de fato, é isso. Homofobia não é o que estou dizendo aqui. Pelo contrário, estou defendendo os homossexuais aqui. Minhas amigas lésbicas sabem que as defenderei até debaixo da água! Mas não me obriguem a achar que é normal. Homem é homem. Mulher é mulher”. A entrevista foi para o podcast “Não ouvo”, do canal “Não salvo”. (Holofote)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *