Petrobras: gasolina é vendida com preço igual no Brasil e na Bolívia

Nota fiscal indica que a companhia repassa o litro por R$ 1,59 ao país; estatal explica que valor final não depende exclusivamente dela

Conforme apuração da rádio, postos da Bolívia revendem pelo equivalente a até R$ 2 Reprodução/Facebook Rádio Bandeirantes

Da Rádio Bandeirantes [email protected]

A foto de uma nota fiscal da Petrobras tem corrido as redes sociais e gerado a seguinte pergunta: o Brasil vende gasolina com preço muito mais baixo para a Bolívia do que para o mercado interno?

O documento indica que a companhia repassa o litro por R$ 1,59 para o país vizinho. Conforme apuração da Rádio Bandeirantes, os postos da Bolívia revendem pelo equivalente a até R$ 2.

Esse preço é bem distante dos R$ 3,60, R$ 3,80 ou até mais de R$ 4 que o consumidor paga por aqui. Por quê? A Petrobras explica que vende a gasolina pelo mesmo valor tanto para o Brasil quanto para a Bolívia.

Cunha põe Temer em reunião sobre cargos do PMDB na Petrobras

A empresa destaca ainda que não há incidência de tributos na exportação. Afirma também que a comparação entre exportação e venda no mercado interno é descabida.

Ainda segundo a Petrobras, a composição final dos valores nas bombas não depende exclusivamente da estatal. Ou seja, o que o consumidor paga inclui os ganhos dos revendedores e os impostos.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, hoje o dono do posto está pagando até R$ 3,28 pelo litro da gasolina. Desse valor, R$ 1,59 é o que vai para a Petrobras, a mesma coisa que a Bolívia paga.

O resto do valor é formado por tributos e pelo custo de distribuição, segundo o sindicato dos postos de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *